Em Natal, presidente do PT chama militância de esquerda para protestar no 7 de setembro: “A rua não é dos golpistas”

A presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann, defendeu nesta terça-feira (24), durante visita a Natal (RN), que a militância de esquerda também vá às ruas no próximo dia 7 de setembro – dia para o qual movimentos de direita também estão convocando protestos por todo o País.

Em um evento com representantes de movimentos sociais, a presidente do partido estimulou que a militância do PT se manifeste no Dia da Independência para “defender a democracia”. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava presente e acompanhou a fala.

Com apoio do presidente Jair Bolsonaro, movimentos sociais de direita também pretendem realizar uma manifestação no próximo dia 7. O protesto, aliás, tem sido foco de preocupação, por causa do estímulo nas redes sociais a manifestações antidemocráticas contra as instituições, especialmente o Supremo Tribunal Federal (STF).

Para Gleisi Hoffmann, a ida da esquerda à manifestação servirá para mostrar que a direita não tem o monopólio das ruas.

“A rua não é dos golpistas não. Quem entende de rua está aqui dentro. Quem entende de rua é nossa militância. Nós não vamos arrefecer não. Não temos medo. Não queremos violência, não vamos fazer confronto, mas no 7 de setembro vamos para a rua defender a democracia, para defender o processo que seja democrático. E que garanta ou tirar Bolsonaro pelo impeachment ou tirar ele pelo processo eleitoral”, afirmou a presidente nacional do PT.

A deputada federal pelo estado do Paraná orientou a militância a ir às ruas com bandeiras do Brasil ou, se preferir, bandeiras vermelhas ou de movimentos sociais. “Vamos ocupar a rua junto com o Grito dos Excluídos. Mostrando que o Brasil tem dono, e o seu dono é o povo brasileiro”, finalizou.

Fonte: 98 FM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *