campanha “Fortalecendo as redes de proteção de direitos”.

UBALDO FERNANDES- A previsão do IBGE é que, em 2025, o número de brasileiros com mais de 60 anos será em torno de 32 milhões. Por conta das limitações da idade e da maior propensão às doenças crônicas, muitos idosos se tornam mais vulneráveis à violência.

Como presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa na Assembleia Legislativa do RN, tenho lutado pela adoção de novas políticas que exijam o cumprimento da legislação de defesa desse público. Dados do Disque 100 revelam que só no primeiro semestre deste ano, mais de 33,6 mil casos de violações de direitos humanos foram registrados contra o idoso no Brasil.

Para 2021, o Governo lançou a campanha “Fortalecendo as redes de proteção de direitos”. A ação é do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e faz parte do “Junho Violeta”, mês de mobilização da sociedade para a proteção das pessoas com 60 anos de idade ou mais.

O objetivo é despertar a sociedade para coibir, diminuir e amenizar o sofrimento da pessoa idosa, despertar contra a violência que essa população vem sofrendo, em especial neste período de pandemia.

O primeiro passo é denunciar esse tipo de violência através do Disque 100, que é o principal canal de comunicação das redes de proteção ao idoso. Mas você pode fazer a denúncia também pelo whatsapp, número (61) 99656-5008. Não se cale.

fonte: .facebook.com/ubaldo.fernandes.56

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *