Cidades potiguares começam nesta segunda-feira a vacinação para trabalhadores da educação; CONFIRA QUAIS

Algumas cidades do Rio Grande do Norte iniciam nesta segunda-feira 7 a vacinação contra a Covid-19 para trabalhadores da educação. Em Natal, a primeira remessa destinada ao público é de 5.190 doses de vacinas, para os profissionais da educação das redes pública e privada. São Gonçalo do Amarante, Parnamirim e Mossoró também iniciam o cronograma de imunização. De acordo com a titular da Educação do Município de Natal, a professora Cristina Diniz, o quantitativo de doses destinadas aos profissionais da educação vai atender neste primeiro momento aos trabalhadores que atuam na Educação Infantil (Creche e Pré-escola), seguindo o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. “Vamos receber 2.595 doses para a rede pública e estamos seguindo um critério técnico estabelecido pela Secretaria Municipal de Saúde para definir as primeiras unidades de ensino beneficiadas”. Sobre o critério citado, a secretária adjunta de Saúde, Rayanne Araújo explica que o boletim epidemiológico semanal da Secretaria Municipal de Saúde, aponta as regiões administrativas da cidade com os maiores registros de casos confirmados da Covid-19. “Vamos começar pelas zonas Sul e Leste, que estão atualmente apresentando os maiores índices de casos confirmados. A vacinação vai ser volante, uma vez que, técnicos da SMS irão em nas unidades de ensino para imunizar os profissionais. É importante que a unidade de ensino forneça uma lista com nome e função/cargo de todos os trabalhadores que irão receber a primeira dose da vacina”, afirmou. Todos os profissionais devem antecipar o cadastro no portal RN Mais Vacina. “Com relação à vacinação das escolas privadas, a SMS e a SME aguardam o envio do e-mail com a documentação para definição da rota ”, complementa Rayanne. O cronograma estabelecido para a próxima segunda-feira (07), vai vacinar os profissionais dos Centros Municipais de Educação Infantil Professora Carmem Maria Reis, Haydée Monteiro Bezerra de Melo, Professora Antônia Fernanda Jales, Professora Maria dos Martírios Lisboa de Menezes, Claudete Costa Maciel, Kátia Fagundes Garcia, Professora Libânia Medeiros, Professora Maria Eunice Davim, Moema Tinoco da Cunha Lima, Vilma Teixeira Dourado Dutra, Professora Carla Aparecida Albernaz Bandeira, Professora Maria Ilka Soares da Silva, Professora Maria Celoni Campos e o Núcleo de Educação da Infância da UFRN (NEI-UFRN). A relação das unidades da rede de ensino está sendo organizada em conjunto com o SINEPE e AEEP. Importante que os profissionais entrem em contato com os diretores das suas respectivas unidades de ensino para serem informados do horário da vacinação volante. Na terça-feira 8 a vacinação acontece nos Centros Municipais de Educação Infantil Amor de Mãe, Professora Cláudia de Farias, Galdina Barbosa Silveira Guimarães, Nossa Senhora de Lourdes, Padre João Perestrello, Professora Darilene Brandão Martins, São Francisco de Assis, Maria Eulália Gomes da Silva e José Alves Sobrinho. “Estamos muito satisfeitos com esse momento. A imunização dos profissionais da educação é fundamental para que o retorno das atividades letivas nas unidades de ensino ocorra de maneira segura e com todas as medidas protetivas, inclusive a vacina”, destacou a professora Cristina Diniz. Mossoró A Prefeitura de Mossoró iniciou no último sábado 5 a vacinação para o público, com profissionais do nível fundamental em foco. O município já vinha vacinando profissionais da área educacional que atuavam em creches e pré-escola e no fim de semana amplia o público. Segundo Morgana Dantas, secretária municipal de saúde, os profissionais da Educação compõem uma categoria incluída entre as prioritárias pelo Ministério da Saúde: “Estávamos vacinando todos os trabalhadores da Educação lotados em creches e pré-escola e com a chegada de mais vacinas vai ser possível ampliar para aqueles que estão lotados no ensino fundamental”, explica a secretária que pede para que as pessoas não promovam aglomerações nos pontos de vacinação. Parnamirim A partir desta segunda-feira 7 a vacinação para os profissionais da educação da rede pública e privada segue em Parnamirim, com a ampliação da imunização, englobando os profissionais do Ensino Fundamental I e II, Ensino Médio, Profissionalizantes, EJA e Ensino Superior das escolas e faculdades localizadas no município de Parnamirim. Devido o quantitativo de doses recebidas, não será possível imunizar, neste primeiro momento, os profissionais residentes que não trabalhem no município. Segue também a vacinação dos grupos prioritários já divulgados anteriormente, que inclui as gestantes e puérperas 18+, as pessoas com deficiência permanente 18+, pessoas com comorbidades 18+, os idosos 60+ e os profissionais da saúde. São Gonçalo do Amarante A Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante anunciou início da vacinação contra a Covid-19 em trabalhadores da Educação para esta segunda-feira 7. Nesta primeira etapa serão vacinados os profissionais das creches e pré-escolas das redes pública e privada de ensino. Será necessário fazer agendamento pela plataforma ‘RN Mais Vacina’. De acordo com acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a imunização será realizada no campus do IFRN para evitar lotações nas unidades de saúde, onde estão recebendo as pessoas com comorbidades. “Nossa estratégia é imunizar o maior número de pessoas de uma forma que não gere aglomerações e nem as coloque em risco”, enfatiza Jalmir Simões. Ainda segundo o gestor, os profissionais precisam apresentar declaração de vínculo assinada pelo diretor da unidade escolar. “O profissional deve tomar a vacina no município que trabalha. Ou seja, mesmo quem mora em outro município, deve se vacinar em São Gonçalo. Da mesmo forma que quem mora em São Gonçalo e trabalha em outra cidade, precisa tomar no município que exerce a função”. O agendamento será liberado conforme a ordem de vacinação desse grupo. A ordem de prioridade definida pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) é: Creches e prés escolas; Ensino fundamental I; Ensino fundamental II; Ensino médio; Profissionalizantes e EJA; e, por fim, Ensino superior.

Fonte:  Agora RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *