Unimed Natal marca reunião com pais de crianças autistas para próxima semana

Dirigentes da Unimed Natal receberam na tarde desta quinta-feira (14) pais de crianças e adolescentes do Transtorno do Espectro Autista (TEA) para uma breve conversa. Nesta semana, a cooperativa suspendeu tratamentos destinados a esse público, o que motivou protestos por parte dos pais. Como o encontro não havia sido planejado, foi marcada uma reunião para a próxima quarta-feira (20).

A mãe Jessi Dantas foi recebida, junto a outros pais, pelo presidente da Unimed Natal, Dr. Fernando José Pinto de Paiva, que “parece estar aberto à conversa”. Ela explicou que ficou marcada uma reunião para a próxima semana, mas que chegaram a receber esclarecimentos gerais dos dirigentes.

“A informação que vem é que estavam [a Unimed Natal] tendo muitos problemas, muita coisa errada, estavam cobrando terapias indevidas. A Unimed não conseguia fiscalizar essas terapias e aconteceu alguma coisa que a gente ainda não sabe, mas de grandes proporções”, explicou a enfermeira, mãe de paciente que precisa do atendimento. A descoberta de irregularidades por parte de serviços credenciados teria levado a Unimed a suspender os tratamentos.

Jessi defende que a situação poderia ter sido resolvida de uma outra forma, sem penalizar as pessoas que precisam do tratamento. “Nós pais e as nossas crianças não deveriam ser penalizados por isso, as pessoas responsáveis pelas coisas erradas é que deveriam ser responsabilizadas”.

Apesar da situação, a reunião já agendada e a postura dos dirigentes da Unimed Natal deixaram a mãe otimista. “Estamos muito esperançosos”, finalizou Jessi.

Ainda nesta quinta (14), a Unimed chegou a promover uma reunião entre dirigentes da cooperativa e representantes de comissões que defendem os direitos das pessoas do espectro autista.

Fonte: Portal Tribuna do Norte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.