Quatro restaurantes populares são fechados no RN após fornecedor de alimentos ser interditado por condições precárias

Quatro unidades do Restaurante Popular tiveram as atividades suspensas pela Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), sendo três em Mossoró e uma em Baraúna, na Região Oeste do Rio Grande do Norte.

O motivo, segundo a pasta, foi a condição precária de armazenamento na produtora dos alimentos, que fica sediada no Restaurante Popular Alto de São Manoel, em Mossoró.

O local fornece alimentos para as quatro unidades.Diante disso, foi solicitado à Superintendência de Vigilância em Saúde do RN (Suvisa) e à Vigilância Sanitária de Mossoró, “a interdição imediata do espaço” e “a suspensão do fornecimento para quatro unidades de Restaurante Popular em Mossoró e Baraúna”.

A Sethas informou que o problema foi constatado nesta terça-feira (19) através de uma inspeção de rotina em Mossoró.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.