Polícia Federal e Ministério Público Federal investigam uma “ação orquestrada” para incendiar pontos da floresta

QUEIMADAS URBANAS E INCÊNDIOS FLORESTAIS –  O dia 10 de agosto é considerado o “DIA DO FOGO”, quando produtores rurais da região Norte do Brasil teriam iniciado um movimento conjunto para incendiar áreas da maior floresta tropical do mundo.Essa suspeita está sendo investigada pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público Federal (MPF).

Na segunda-feira (26), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou haver indícios de uma “ação orquestrada” para incendiar pontos da floresta.

De todo modo, os dados apontam que a partir de 10 de agosto houve um aumento substancial no número de focos de incêndio em diversas cidades da região Norte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.