Macaibense foi um dos pioneiros da aeronáutica mundial

O prefeito de Macaíba Emídio Jr esteve reunido com representantes da comissão organizadora do Governo do Rio Grande do Norte para comemoração dos 120 anos do encantamento do macaibense Augusto Severo, nesta terça-feira (28), no Palácio Auta de Souza, sede da Prefeitura. A data será celebrada no próximo dia 12 de maio e um dos pontos abordados na reunião foi o traslado dos restos mortais de Severo do Rio de Janeiro para Macaíba.

Um dos filhos ilustres do município, o macaibense Augusto Severo de Albuquerque Maranhão (11 de janeiro de 1864 – 12 de maio de 1902) foi político, aeronauta e inventor, sendo responsável pela criação do balão dirigível “Pax”, aeronave que explodiu durante uma experiência aérea na cidade de Paris, levando ao falecimento de Augusto Severo e do mecânico francês Georges Sachet.

No decorrer dos mais de 100 anos após a morte do inventor, uma série de homenagens foi realizada em sua memória com a denominação de várias ruas, escolas, praças em diversas cidades no Brasil e no exterior, entre elas Paris, Rio de Janeiro, São Paulo, Natal e Macaíba, cidade que também é sede do mais novo polo de inovação, ciência e tecnologia do Rio Grande do Norte, o Parque Tecnológico Augusto Severo (PAX), localizado na comunidade Jundiaí, próximo à Escola Agrícola (EAJ) e ao Instituto Santos Dumont (ISD).

A reunião que discutiu os preparativos para a celebração estiveram presentes o secretário-adjunto de Cultura e Turismo de Macaíba, Anderson Tavares; o vice-presidente da Fecomércio/RN, Luiz Antônio Lacerda; a coordenadora do Parque Tecnológico Augusto Severo (PAX), ngela Paiva; a escritora Leide Câmara, da Academia Norte-riograndense de Letras; Pedro Brito, representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio Grande do Norte; Hárryson Magalhães, representante da Fundação José Augusto e Cléber Pinheiro, representante do grupo Sempre Macaíba.

Fonte: Assecom-PMM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.