Aquicultor de 43 anos é raptado e torturado por engano

-Um aquicultor de 43 anos foi raptado e torturado por engano na Grande Natal, segundo a Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

Ele estava no Rio Grande do Norte para trabalhar em uma despesca de camarão no município de Canguaretama.

A vítima apresentou marcas de lesões na cabeça, na face e nos braços, mas não sofreu nenhuma fratura, conforme constatou após o atendimento na UPA. Ele disse que passou a noite e a madrugada sentado em uma cadeira, com uma corda no pescoço e com as mãos e os pés atados. “Muita pancada. Eu não via com o que me batiam. Doía muito. Achei que ia morrer”.

De acordo com o delegado Cidorgeton Pinheiro, a vitima foi confundido com um integrante de facção criminosa. Amarrado, foi espancado durante toda a madrugada, ficando em cativeiro em Macaíba, na Grande Natal. Acabou libertado por volta das 13h desta sexta-feira (31), sendo socorrido na UPA de Macaíba e, posteriormente, prestando queixa na delegacia da cidade.

fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Por Sérgio Henrique Santos e Augusto César Gomes — Natal

31/07/2020 19h33

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *