Após 50 anos de ABC, o macaibense Joquinha é demitido via WhatsApp

Joca ou Joquinha para os mais próximos foi roupeiro do ABC por mais de 50 anos. Ele chegou ao clube em 1970, aos 15 anos de idade e era tido como funcionário símbolo do clube. Entretanto, depois de cinco décadas de dedicação total ao Alvinegro, Joca foi demitido nesta semana via WhatsApp. Além de Joca, mais 24 funcionários foram demitidos no início da semana.

Ele estava em casa obedecendo o período de quarentena, em virtude do #Coronavírus, quando foi comunicado da demissão.

O fim do vínculo trabalhista do roupeiro que é macaibense causou grande revolta entre ex-atletas, ex-funcionários e ex-presidentes do clube.

Em áudio de autoria do próprio Joca que foi enviado ao Três Toques, o mordomo lamenta a maneira como foi desligado do clube que se dedicou por muitos anos.

“O presidente poderia ter me chamado pessoalmente e me comunicado de tal decisão. Sei do momento crítico que o clube passa e entenderia. Agora, da maneira como foi me deixou muito triste. Foram 50 anos de dedicação total ao clube. Por tudo isso, acho que merecia um desligamento mais honrado”.

O clube anunciou que “na conversa com os colaboradores desligados, não foi descartada a opção de, em um segundo momento, depois de normalizada a situação envolvendo a pandemia do Covid-19, mas havendo interesse mútuo, existir a recontratação dos profissionais para suas devidas funções”.

fonte: senadinho Macaiba

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *