Protesto em frente à Prefeitura de Natal pede retomada de linhas de ônibus e licitação do transporte público

Moradores de vários bairros de Natal fizeram um protesto, na manhã desta terça-feira (14), em frente à prefeitura da capital potiguar. O grupo cobrava a retomada de linhas de ônibus que foram suspensas e a licitação do transporte público da cidade.

Os manifestantes reclamaram que tinham uma reunião agendada com o prefeito Álvaro Dias (PSDB) para às 11h, mas foram informados do cancelamento da participação do gestor, que teria viajado.

Na segunda-feira (13), na Câmara Municipal, a Secretaria de Mobilidade Urbana apresentou um projeto de “redesenho” das linhas da cidade e informou que a licitação do transporte público deve ser lançada em novembro.

O servidor público Marcílio Baracho, que representa o bairro das Quintas, reclamou da perda das linhas 65 e 19 na última mudança realizada pela Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal.

“Estamos reunidos aqui para pedir ao prefeito e à STTU a volta das linhas que foram tiradas sem nenhuma informação às comunidades. O grande prejudicado é o usuário do transporte coletivo, que perdeu várias linhas, e os ônibus estão sucateados. Há mais de 10 anos a prefeitura diz que vai fazer e não faz a licitação”, afirma.

Manifestantes pedem retomada de linhas de ônibus suspensas em Natal.  — Foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi

Manifestantes pedem retomada de linhas de ônibus suspensas em Natal. — Foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi

Ele ainda afirmou que o grupo ainda vai analisar a nova proposta de mudança de linhas apresentada pela STTU.

O vigilante Betinho Alves, que mora no bairro Nordeste, reclamava da suspensão das linhas 25 e 18, no bairro, durante a pandemia.

“A gente quer falar com o prefeito. Os problemas da cidade, o prefeito está a par de tudo. Então a gente quer que o prefeito fale com a gente, por que o Seturn diz que a culpa é da prefeitura, de todos os problemas do transporte público”, contou.

Um protesto com a mesma pauta foi realizado no último dia 8, em frente à Secretaria de Mobilidade Urbana. Após os manifestantes serem recebidos pelo secretário, a reunião com o prefeito ficou marcada para esta quarta-feira (14).

Plano de “redesenho” do transporte público

Nesta segunda-feira (13), a secretaria também apresentou na Câmara um plano para remodelar o sistema a partir de outubro.

De acordo com a pasta, a ideia é diminuir o número de linhas que circulam entre diferentes regiões da cidade, mas aumentar o número de ônibus circulando dentro dos bairros e zonas, ligando os usuários às outras partes da cidade por linhas estruturantes. Nesse formato, o usuário precisa pegar mais de uma linha para chegar a destinos mais distantes.

Segundo a STTU, a ideia é tornar os trajetos mais curtos, diminuindo a extensão das viagens e deixando o sistema mais rápido.

A Secretaria pretende aumentar de 55 para 90 o número de linhas, sendo 18 estruturais, 28 de bairro, 24 regionais, 10 diretas e 10 corujões. Nesse sentido, o número de viagens também deve aumentar em 62%. De acordo com o projeto, a extensão média das viagens deve cair de 34 km pra 19 km.

Fonte: G1RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *