SEMAPE de Macaíba orienta agricultores sobre cultivo com biofortificação

Na quarta-feira (21/07), através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e da Pesca, um grupo de agricultores da Comunidade Quilombola de Capoeiras e dos Assentamentos Rurais Margarida Alves, Chico Mendes III e Quilombo dos Palmares II, acompanhados pelo técnico agropecuário da Secretaria Municipal de Agricultura, da Pecuária e da Pesca (SEMAPE), Ricardo Marinho, visitaram uma Unidade de Referência Técnica (URT) de Cultivares Biofortificadas na Escola Agrícola de Jundiaí – EAJ/UFRN, com o objetivo de conhecer cultivares de macaxeira e batata doce.

A biofortificação de vegetais é uma técnica de melhoramento genético natural desenvolvida para conferir maior teor de micronutrientes, a exemplo do ferro, do zinco e da pró-vitamina A, potencializando as vitaminas e os nutrientes em alimentos de consumo básico pela população carente. Com isso, objetiva-se corrigir possíveis deficiências nutricionais e contribuir na garantia da segurança alimentar.

O projeto é resultado de um trabalho desenvolvido pela EMBRAPA e a BioFORTE em várias regiões do país e conta com a participação da Escola Agrícola de Jundiaí, através da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, sob a responsabilidade dos engenheiros agrônomos Flávio Mota e Anderson Santos, além da participação de vários professores e servidores da instituição.

Na ocasião, os profissionais expuseram a importância nutricional dos materiais, as características e o manejo das cultivares apresentadas e procedeu a colheita das batatas doces BRS Amélia e Beauregard, distribuindo material propagativo (ramas) e batatas entre os agricultores participantes.

Com/ Assecom-PMM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *